SENSAÇÃO NA BAU ALEMANHA: ASSENTAR TIJOLO COM ARGAMASSA SECA EM PLACAS

Um dos produtos de maior destaque da BAU 2015, feira de arquitetura, materiais e sistemas para construção realizada entre os dias 19 e 24 de janeiro em Munique, na Alemanha, foi o Mörtelpad, da alemã Maxit, que consiste em placas pré-fabricadas de argamassa. Produzida com recursos de origem mineral, a tecnologia permite a aplicação de argamassa na superfície de pisos e paredes de maneira prática e uniforme.

O Mörtelpad é composto por uma camada retangular de argamassa revestida por um adesivo solúvel em água de cerca de três milímetros de espessura. Quando dissolvido, o material colante é absorvido pela massa, tornando-a homogénea na aplicação.

Para aplicar a argamassa, basta humedecer a superfície, colocar as placas pré-fabricadas, cortando-as de acordo com o tamanho e formato necessários, e molhar a massa por cerca de cinco segundos.


Entre as vantagens do uso da nova tecnologia, que não exige experiência para o manuseio, está a redução do tempo de preparação, a aplicação da argamassa, a eliminação de ferramenta auxiliar para colocação do material e a redução do desperdício de materiais e da geração de resíduos construtivos.

Em tempos de escassa mão-de-obra especializada na construção civil, este tipo de material, causa um grande impacto, uma vez que já vem acabado de fábrica, não necessitando de uma mão-de-obra especializada in loco para a sua aplicação. Apenas uma formação, sobre a aplicação e manutenção do produto é necessária.

Atualmente também existe uma grande preocupação a respeito da sustentabilidade, e este produto, com uma menor produção de resíduos, supre grande parte desse problema.

Também relativamente ao cronograma ganhará tempo, pois para a argamassa atual é necessário um tempo de secagem e neste caso de placas, a secagem faz-se num período menor, estando o ambiente pronto para as próximas etapas, num curto espaço de tempo.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=mWzZcfTHEJ8&t=31
© DDN - Copyright 2019 | Privacidade
Developed by
OPTIMIZING CONCEPTS
Voltar ao topo